Como pescar tucunaré

Como pescar tucunaré?
Como pescar tucunaré?

Como pescar tucunaré? Sem dúvidas, se você é um pescador profissional, amador ou simplesmente gosta de pesca, você precisa pescar um tucunaré.

Além disso, você vai conhecer as melhores iscas e dicas para fisgar esse maravilhoso e magnífico peixe.

Gostou do assunto e quer saber mais? Então continue lendo nosso artigo, para descobrir mais como pescar tucunaré!

O tucunaré

O tucunaré é um peixe apreciado por inúmeros pescadores esportivos, a pesca deste peixe consegue atrair para o Brasil, inúmeras pessoas de todo o mundo, buscando fisga-lo.

Este peixe tem hábitos diurnos, se alimenta de pequenos animais como outros peixes e camarões, além disso, o tucunaré é um dos únicos peixes que persegue a presa até capturá-la!

Possui um dos visuais mais lindos e coloridos, com um bote agressivo e repentino, esse peixe consegue dar saltos impressionantes para fora da água.

Porém, conseguir fisgar esse peixe não é tão fácil assim, você precisa conhecer alguns fatores antes de sair à caça deste peixe incrível.

Mas, com todas essas dicas e utilizando as iscas certas, você vai conseguir fisgar seu tucunaré.

Calendário de pesca 2024!

Compre seu calendário de pesca com todas as fases da lua, tenha mais sucesso em sua pescaria.

Valor simbolico, apenas R$4,99

Calendário de pesca 2024

Melhores iscas para pescar tucunaré!

Para aumentar ainda mais as suas chances de fisgar um tucunaré, você precisa se atentar e utilizar as melhores iscas para este peixe.

1. Kit com 10 Iscas Artificiais Com Pena Meia Água para Peixe Tucunaré

Esse é um kit com 10 iscas artificiais atraentes, sendo excelente para vários peixes inclusive o tucunaré, essas iscas tem uma geração de movimentação extrema lado a lado tendo várias características de arremessos formidáveis. 

Além disso, ela possui esferas internas que fazem barulho para chamar atenção do peixe ao bater na água, desempenhando um belo nado sincronizado, imitando um peixe.

As iscas possuem garatéias triplas afiadas, que são excelentes para fisgar o tucunaré, além disso, você pode trabalhar a isca de várias formas diferentes para chamar a atenção do predador.

Com o efeito sonoro de rattling, o peixe não consegue evitar, fazendo com que a isca pareça um peixe suculento e fácil para ele pegar, aumentando as suas chances de fisgar o seu tucunaré.

2. Melhor Kit Com 6 Iscas Artificiais Camarão de Silicone

Esse Kit contém 6 iscas artificiais em formato de camarão produzido em silicone, sendo uma das melhores iscas para a pesca de tucunaré e outros peixes predadores.

Além disso, está é uma isca de silicone no formato de camarão é extremamente realista, sendo ideal para fisgar as especiais como Robalos, Tucunarés e até às Traíras.

Está isca é montada com empate de aço para impedir que peixes com dentes afiados ou bocas ósseas escapem cortando a linha, evitando que você perca o peixe.

O trabalho que essa isca  faz é excelente, basta arremessar e deixar a isca tocar o fundo, em seguida, você pode dar alguns toques de ponta de vara curto e seco para cima. Você também pode acelerar com vários toques, e ir intercalando o trabalho da isca, já que essa é uma isca bem simples e eficiente.

3. Kit de iscas de pesca VORCOOL com 101 peças, caixa completa

Este kit contém 101 peças para pesca, é um kit completo sendo perfeito para qualquer pescador, de iniciantes a veteranos.

Além de ser um ótimo presente para qualquer pescador, esse kit contém tudo que você precisa para pescar, desde pequenos peixes a grandes predadores como o tucunaré.

Kit de iscas de pesca VORCOOL com 101 peças, caixa completa...
  • Perfeito para qualquer pescador, de...
  • Compartimentos separados e variados da caixa...
  • A caixa transparente ajuda você a encontrar...
  • 101 peças de acessórios para iscas de...
  • Este conjunto de equipamentos é adequado...

Esse kit com 101 peças de acessórios para iscas de pesca, inclui diferentes tipos de iscas como iscas duras, iscas macias, iscas de pesca de água superior, tesouras e outros acessórios.

Você Também Vai Amar Esse Artigo:  Qual a melhor isca para pescar traíra?

Todo este conjunto é adequado para todas as espécies de peixe, tanto para pescaria em água salgada ou água doce, contém muitas iscas para diferentes espécies de peixe e profundidade da água, sendo uma ótima escolha para os entusiastas, amadores ou profissionais de pesca.

4. Pacote Com 5 Iscas Artificiais Grilo Gafanhoto Inseto Infalíveis Irresistíveis

Esta isca tem um design especial em forma de gafanhoto, com uma cor brilhante que consegue chamar a atenção de predadores, atraindo peixes grandes e trazendo muita diversão para o pescador.

O legal dessa isca, é que ela consegue imitar o verdadeiro inseto gafanhoto, que é mais atraente para o peixe, aumentando as chances de pescar. Dessa forma, ela consegue imitar a ação de um gafanhoto lutando contra afogamento na água para causar o ataque dos peixes.

Além disso, essa isca é adequada para diferentes tipos de peixes, até mesmo para o tucunaré, sendo um equipamento maravilhoso para os amantes da pesca esportiva.

Você pode utilizar esta isca tanto para pescaria de barco no mar, pesca de barco em rios e lagos ou pesca de barranco.

12 dicas para você pescar o tucunaré

Para que você aumente suas chances de capturar um tucunaré, a gente separou essas 15 dicas de como pescar o tucunaré, seguidos essas dicas, você vai conseguir fisgar esse peixe!

1. Conheça bem a espécie 

Antes de começar qualquer pescaria, seja de tucunaré ou de qualquer outra espécie de peixe, é muito importante que você conheça a espécie que está querendo pescar. Se você está pensando em pescar seu primeiro tucunaré, é essencial saber qual o melhor horário para pescar tucunaré.

Dessa forma, fica muito mais fácil para você escolher a isca certa e prever os comportamentos, escolhendo as técnicas que vai utilizar na pescaria.

Quando falamos ou pensamos no maravilhoso e majestoso tucunaré, estamos nos referindo a todos os peixes do gênero da Cichla. Eles habitam boa parte dos rios e bacias do Brasil, se destacando por sua aparência linda e colorida, com tonalidades de amarelo, verde, vermelho e até azul.

Uma característica única desse peixe, está em sua cauda, o tucunaré costuma ter uma pinta em formato de olho. Além disso,  os machos da espécie possuem um pequeno calombo em sua cabeça, chamado de “cupim” por alguns pescadores, por sua semelhança com as costas do boi.

Esse caroço é  um acúmulo de gordura formado pelo peixe, de onde o peixe retira os nutrientes e energia nos momentos em que precisam procriar. 

O tucunaré tem características únicas pelas múltiplas cores, o tucunaré pode ter uma mancha na cauda e uma protuberância na cabeça.

Além de ser uma espécie de peixe com escamas e de hábitos carnívoros, se alimentando principalmente de pequenos peixes e camarões. Sua fisgada é bastante agressiva e também voraz, fazendo com que vários pescadores tentem capturá-lo, porém, esse peixe pode até assustar os pescadores mais desavisados.

Uma curiosidade muito interessante, é que existem duas interpretações para o nome tucunaré. A primeira delas é que essa palavra é de origem tupi, que significa “amigo das árvores”; já a outra versão, dizem que vem de dialetos indígenas, que significa “olho para trás”, esse nome se refere à mancha em formato de olho que esse peixe tem em sua cauda. 

2. Saiba onde encontrar o peixe!

O tucunaré é um peixe predador de água doce, podendo ser encontrado em vários tipos de lagos, lagoas, rios e estuários. Esse peixe realiza pouca migração e tem um comportamento mais sedentário, por isso, ele costuma ter preferência por locais mais tranquilos e calmos.

Quando a água está mais fria, esse peixe se alimenta próximo à margem, ou seja, ao amanhecer e ao entardecer. Durante o restante do seu dia, ele se concentra para a parte mais funda, que é seu habitat natural. 

Para nós brasileiros, este peixe está em maior abundância nas Bacias Amazônicas, no Araguaia-Tocantins, no Pantanal, na Bacia da Prata, no Rio São Francisco e nos açudes do Nordeste. Porém, ele também está presente em muitas outras cidades do interior de São Paulo e Paraná.

3. Identifique as espécies de tucunaré!

Uma coisa que talvez você não saiba, é que existem 15 espécies diferentes de tucunaré? Todas elas foram registradas, graças ao estudo dos ictiologistas Sven Kullander e Efrem J. G. Ferreira, que foi publicado em 2006.

Entre os tipos mais comuns de tucunarés encontrados em território nacional, podemos citar esses:

Você Também Vai Amar Esse Artigo:  Qual a melhor carretilha de pesca para iniciantes?

Tucunaré comum (Cichla ocellaris)

O tucunaré comum habita principalmente a região central, nordeste e norte do Brasil. Possuindo seu corpo amarelo-esverdeado, com manchas azuis e vermelhas.

Tucunaré-azul (Cichla piquiti)

O tucunaré azul como seu próprio nome sugere, seu corpo é azul, porém, ele pode conter manchas verdes, amarelas e vermelhas. Sendo encontrado principalmente nas Bacias Amazônica e Araguaia-Tocantins. 

Tucunaré-açu (Cichla temensis)

O tucunaré é o tucunaré preferido dos pescadores esportivos, já que esse é uma espécie bastante feroz e difícil de capturar. Tendo seu corpo colorido, ele habita o Rio Amazonas e pode chegar a pesar 12 quilos e ter 1,20 metro de comprimento.

Tucunaré real (Cichla intermedia)

Já o tucunaré real é fácil de identificar, graças a sua pele com a cor predominantemente verde, com algumas manchas nas laterais, este peixe costuma ser um pouco menor que os outros tucunarés.

4. Escolha o melhor equipamento para pescar tucunaré!

O equipamento precisa ser preciso para tucunaré, específico para aguentar esse peixe, sendo fundamental para uma pescaria de sucesso. Por isso, para garantir que você tenha uma pescaria com qualidade nas fisgadas, você deve usar os melhores equipamentos e acessórios que se adaptem às suas necessidades.

Se você vai pescar em rios, lagos naturais, em represas ou até em lagos artificiais, as melhores opções para sua pescaria são as varas com numeração entre 8 a 10 de ação média a pesada. Já a linha você pode utilizar micro ou multifilamento, isso vai depender da sua preferência, porém, precisa que seja de até 0,20 milímetros. 

Muitos pescadores gostam de utilizar linhas mais grossas, porém, a utilização dessa linha mais grossa pode atrapalhar no arremesso, diminuindo o sucesso das fisgadas e também sua performance na pescaria.

Para que você faça a melhor pescaria de tucunaré, você precisa utilizar um líder de fluorcarbono, dessa forma, quando você fisgar o peixe, é muito provável que ele procure abrigo entre os galhos, raízes ou entre as pedras. 

O líder, deve evitar que a linha se quebre durante a briga com o peixe. Os tamanhos de líder mais utilizados e recomendados são entre 0,31 e 0,42. Porém, acima desse valor, a linha pode ficar pesada, atrapalhando sua pescaria.

5. Utilize barcos silenciosos

Se você gosta ou pretende pescar embarcado, a melhor escolha para pescar tucunaré, é utilizar um barco que tenha motor elétrico, o peixe tucunaré possui hábitos mais silenciosos e calmos. Dessa forma, quando você acaba optando por barcos mais rápidos e barulhentos, o peixe pode e vai acabar se assustando e fugir, isso provavelmente vai estragar sua pescaria.

Se você pretende utilizar esses motores, o ideal é o abastecimento por baterias de ciclo profundo, já que o mesmo consegue suportar carga e descarga por diversas vezes, melhorando a vida útil do equipamento e  tornando a pescaria agradável, sem surpresas inesperadas com a embarcação.

6. Selecione a isca adequada

Este peixe é super reconhecido e buscado por sua ação predatória, o tucunaré, é um peixe que acaba atacando praticamente todos os tipos de isca, sejam elas, iscas naturais, artificiais, isca de fundo, isca de meia-água ou isca de superfície.

As iscas de superfícies acabam sendo as mais indicadas para se localizar a espécie de peixe que deseja pescar, além disso, essas iscas acabaram sendo as mais populares por conta de passar mais emoção para o pescador, na hora da fisgada. Procure por iscas que tenham aquela ação em zig zag, essa ação consegue atrair a atenção do peixe, fazendo ele dar aquele bote de predador.

Para quem deseja pescar o tucunaré na meia-água, o mais recomendado é utilizar iscas de até 10 gramas, esse peso já consegue proporcionar um ótimo arremesso com um movimento natural que acaba por atrair a atenção do peixe. 

A isca com uma coloração branco-osso é a preferida de muitos pescadores, já que ela consegue rendendo bons resultados na pescaria. Quando estamos pescando em dias com mudanças bruscas de temperatura, aquele dia mais quente ou muito ensolarado, o peixe costuma buscar as águas mais frias e fundas. Nesse caso, as melhores iscas são as de fundo, como jigs, essas costumam aumentar muito suas chances de fisgar um tucunaré.

7. Trabalhe bem a isca

Além da escolha a melhor isca para pescar, você precisa trabalhar de forma natural a isca, imitando os movimentos naturais de um peixe em fuga ou machucado. Para isso, você precisa alternar entre toques mais leves e mais bruscos, fazendo a isca se movimentar.

Agora, se você quer pescar na superfície, o melhor é escolher iscas com chocalhos e com movimentos mais rápidos, isso acaba atraindo o predador que está na toca para a superfície. Os toques rápidos acabam sendo muito tentadores facilitando a fisgada.

8. Arremesse a isca por baixo!

Você pode arremessar a isca de várias formas diferentes, para todas as direções que você deseja, o mais importante é que cada pescador tem sua forma ou preferência na hora de fazer o arremesso. Porém, quando falamos em pesca do tucunaré, o ideal é sempre utilizar o mesmo tipo de arremesso, conhecido como flip cast.

Você Também Vai Amar Esse Artigo:  Qual o melhor horário para pescar tucunaré?

Para fazer essa técnica, você precisa flexionar a isca para baixo e soltá-la durante sua subida. Dessa forma, a isca vai conseguir pousar na água de forma muito mais silenciosa, sem que faça barulho alertando o peixe, já que esse peixe tem seu comportamento mais calmo.

Se você não está acostumado com esse arremesso, no início, você vai achar que é difícil. Porém, conforme você for praticando, você vai conseguir desenvolver essa habilidade sem problemas, melhorando muito suas pescarias.

9. Tenha paciência

Durante a pescaria do tucunaré, a paciência precisa ser seu ponto forte. Afinal de contas, você vai reparar que não é tão fácil assim fisgar  um tucunaré, essa espécie nem sempre ataca de primeira. 

Por isso, o mais recomendável é ter paciência, insistindo em arremessos mais repetidamente e silenciosos em um mesmo local, você precisa procurar pelo habitat do peixe como: as margens,  galhadas, vegetação e até troncos submersos.

Quando encontrar um lugar parecido, você precisa trabalhar muito bem a isca com calma e suavidade, dessa maneira, você consegue garantir mais ataques de sucesso.

Os tucunarés são conhecidos por serem peixes briguentos. Dessa forma, depois da fisgada, ele tentará fazer de tudo para escapar. Então quanto mais violento você for para recolher a linha, mais brigão será o peixe.

Por isso, é muito importante que você deixe a fricção solta, isso vai garantir que o animal acabe ficando mais calmo, antes que você comece a recolher a linha.

10. Seja cuidadoso

Quando for retirar o peixe da água é preciso ter muito cuidado! Quando aproximar o tucunaré da embarcação, é sempre recomendado deixar um comprimento de linha, do mesmo tamanho da vara, sem ser recolhido. Dessa maneira, isso vai permitir que a vara e o freio da carretilha trabalhem, caso precise para evitar acidentes.

As garateias, um equipamento indispensável para a pescaria, porém, que precisamos ter a atenção redobrada com ela, ainda mais as que estão pela embarcação e que não foram fisgadas pelo peixe! 

Afinal de contas, existem muitos relatos de pescadores que se ferem com as garateias e infelizmente essa não é uma história de pescador tão legal, ao tentar tirar as iscas do tucunaré, principalmente durante os botes que ele dá fora da água.

Sempre quando for puxar o peixe, o recomendado é prender sua boca com uma pinça ou alicate. Em seguida, coloque a vara dentro do barco (ou entre as pernas), em seguida só utilizar a ajuda de um alicate para tirar as garateias presas no peixe.

11. Use a natureza a seu favor!

Alguns fenômenos naturais ou até mesmo artificiais feitos pelo homem, podem ajudar ou atrapalhar a sua pesca. Para isso você precisa reconhecê-los primeiro, dessa forma, você pode usar isso a seu favor. 

Por exemplo, esse fenômeno natural acontece quando há acúmulo de matéria orgânica, como galhos que são trazidos para os rios após grandes cheias ou chuvas fortes. A decomposição da matéria de galhos e outros detritos no rio, acaba consumindo muito oxigênio e mata os peixes da região.

A lufada é quando ocorre o retorno dos cardumes das áreas alagadas para o rio. Esse fenômeno acaba tornando aquela região um excelente local para pescar.

O repiquete é quando ocorre o aumento no nível dos rios, causado por chuvas torrenciais ou trombas d’ água. Quando esse fenômeno acontece, acaba afetando o hábito de algumas espécies, como o hábito dos tucunarés nos rios amazônicos.

12. Use roupas de pesca

Mesmo que você utilize a risco todas as dicas que passamos para você, o maior vilão de toda sua pescaria de tucunaré (ou pescaria de qualquer outro peixe) acaba sendo o uso de roupas inadequadas para pesca. 

Esse fator pode até parecer bobagem para muitas pessoas, porém, os pescadores mais experientes sabem muito bem como isso pode acarretar diversos problemas, desde desconforto na pescaria, dificuldades para utilizar de diversas técnicas até problemas de saúde.

PROMOÇÃO
Camiseta Proteção Solar Permanente UV50+ Tecido Gelado –...
  • 🌞 Adequada para exposição ao Sol
  • 👃 Tecido Dry que dispersa o suor
  • 💨 Secagem super rápida
  • 🧭 Altamente durável, não desbota
  • 📏 Tamanho P: de 60-70kg | Tamanho M: de...

Quando sair para pescar, escolha uma roupa mais adequada própria para pescaria. As camisas próprias para pesca, são a melhor opção, por exemplo, essas roupas são capazes de proteger o pescador dos raios ultravioletas do sol, estes raios solares, podem causar várias doenças, queimaduras e até desenvolver problemas de pele, envelhecimento precoce e câncer de pele.

Então, é melhor se proteger, afinal de contas, essas roupas são feitas de tecido ry fit, uma malha leve e fina, que consegue oferecer uma  ótima elasticidade e conforto, tanto para o pescador, quando ele está se movimentando. 

Mas, também consegue proteger e auxiliar no controle da temperatura corporal, evitando que o seu corpo mude de temperatura bruscamente, o que poderia prejudicar o pescador.

Para que você tenha uma proteção mais completa durante a pesca de tucunaré, ou de outros peixes, também é recomendado a utilização de máscara de pesca, boné ou chapéu. Dessa forma, você consegue uma proteção estendida para as regiões da cabeça, como rosto e do rosto.

Conclusão

Agora você já sabe como pescar tucunaré, sabe todas as dicas e truques para fisgar esse maravilhoso peixe. Além disso, se você seguir todas essas dicas e utilizar as iscas certas, você vai conseguir pegar o tão sonhado tucunaré.

Então aproveite para revisar toda sua caixa de pesca, roupa e equipamentos necessários para a pescaria do tucunaré e de outros peixes.

Não esqueça de deixar aquele comentário maroto aqui no nosso artigo, a gente do Mundo Fácil agradece muito!

O que você achou do nosso artigo?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

O Mundo Fácil gosta de levar informações, dicas e ajudar todas as pessoas que estão com duvida sobre algum produto ou compra. Nosso objetivo é sempre ajudar você a tomar a melhor decisão comprando o melhor produto para você ou para sua família.